Dinâmica cultural

Darwin e a América Latina que nos perdoem mas não existe desenvolvimento sem suporte cultural. Darwin mostrou que não estamos separados do mundo natural, que somos relacionados com as outras espécies, mas não disse como a singularidade da espécie humana se manifestou. A América Latina não pode continuar como um continente perdido em commodities, serviços e revendas. Ambos ‘se esqueceram’ do panorama cultural.

O livro da História ficou vazio. Um ciclo se esgotou. O próximo está aberto a nossa escolha. Civilizações terminam mas a dinâmica continua. Desta vez estaremos de frente a programar que caminho cultural desejaremos seguir. Mas antes disto, deveremos explorar o papel da dinâmica cultural. Perceber que o nosso destino não vem mais simplesmente da Natureza mas do espaço psicológico que escolhemos seguir.

O historiador compreende o desafio. Existe uma linha do tempo a ser traçada a partir da geração do conhecimento. Existe uma História a ser feita. Nestes tempos de vazio, de nada adianta ficar falando mal do capitalismo, da injustiça social, da crise financeira se não se oferecer uma dinâmica cultural. De nada adiantam anagramas políticos, a questão é cultural. A noção de cultura ganhou espaço numa Era do Conhecimento. A sua identidade se tornou mais do que visível.

Estamos diante de uma dinâmica cultural. A nossa civilização não mais se movimenta em termos de capital e trabalho. O que provoca o surgimento de novas tecnologias, remédios, entendimentos são os nossos avanços culturais. Contudo, a cultura ainda não consegue provocar discussão política. Preferimos polemizar a respeito das movimentações do capital e do trabalho. Vivemos no século 21, mas com a cabeça no século 19. Falta a nossa época ir desenrolar o sentido do conhecimento.

O historiador percebe que a História é feita através de modelos de Mundo. Em todos os seus momentos ela vem se constituindo através de diversos grupos cada um defendendo esse ou aquele ponto de vista. Só que agora ao lado do capital e trabalho deve-se juntar o conhecimento. Chegamos ao momento em que a cultura deva ser interpretada como um dos elementos fundamentais.

O momento histórico nos leva a ir compreender sobre essa dinâmica cultural. Não apenas no sentido iluminista de desenvolver novas compreensões científicas ou de tecnociência a nos levar a um melhor padrão de vida. O momento do conhecimento é sério demais para ser conduzido apenas através da comunidade científica ou de líderes comerciais. Muito mais do que um descobrimento ou uma mercadoria o conhecimento é um elemento de alma, da psique humana.

A época é propícia a que se procure compreender sobre essa dinâmica cultural. Entender como a cultura antecede ao trabalho e a construção econômica. Precisamos encontrar o valor conhecimento. A busca de um novo capitalismo estará neste fator valor conhecimento. Algo capaz de combinar progresso científico, econômico, social e espiritual.

Estamos na ante-sala desse novo tempo. Ali, há muito, nos esperam Weber e Gramsci. Em seu tempo, não tinham espaço para dizer que inclusão social via conhecimento era um tema tão válido quanto a luta de classes de Marx. Hoje, queremos mais, desejamos encontrar a ubiqüidade do conhecimento. Chegar a entendê-lo como um propulsor do espírito humano.

 

About these ads

Sobre Melk

O autor é doutor em física pela Universidade de Oxford e empresário do conhecimento (www.aprendanet.com.br). Como físico, ao estudar que os fundamentos do universo, os quarks, se apresentam em três cores: se converte num fanático torcedor tricolor.
Esse post foi publicado em 6 - Era do Conhecimento. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s